Ciclo de Seminários de História Religiosa 2017

 

O Seminário de História Religiosa 2017, organizado pelo CEHR.Porto, será subordinado ao tema Peregrinação cristã na História: Formas, sensibilidades, itinerários”.

Elemento estruturante de todas as grandes religiões, a peregrinatio cedo assumiu no interior das comunidades cristãs um especial significado. A deslocação aos lugares onde Jesus viveu e pregou, lugares maiores por excelência, mas também aos locais que mantinham bem vivas as memórias de acontecimentos marcantes no processo de evangelização, ou que preservavam as relíquias de mulheres e homens santos, transformou-se desde os primeiros séculos cristãos, numa característica essencial e numa exigência de muitos fiéis. Peregrinar revelou-se, assim, num modo particular de aprofundar a fé e de incontornável vivência religiosa e espiritual. No ano em que se cumpre o primeiro centenário das Aparições de Fátima, entendeu o CEHR-Porto preparar um seminário que é, em larga medida, uma proposta de peregrinação histórica por diversificados tempos, lugares e manifestações do religioso.

Assim, o ciclo de 2017 deste Seminário é constituído por nove sessões, de entrada livre e destinadas não apenas a investigadores mas igualmente ao público em geral interessado nestas matérias. As referidas sessões terão lugar de fevereiro a julho (seis sessões) e de setembro a novembro (três sessões), na terceira segunda-feira de cada mês (à exceção das sessões de abril e julho, conforme indicado), entre as 18h00 e as 20h00, na Sala EC015 da UCP-Porto – campus da Foz.

Calendário e temas das sessões:

Data Tema Investigador(es) palestrante(s)
20 de fevereiro A peregrinatio de Egéria: Principais tópicos do seu itinerário Paula Oliveira e Silva (FLUP)
20 de março Circulação de relíquias e legitimação eclesiástica no Norte hispânico, entre os séculos XI e XII Luís Carlos Amaral (FLUP; CITCEM-UP; CEHR-UCP)
24 de abril Culto jacobeu: Da pré-história à Idade Média portuguesa Arlindo de Magalhães (CEHR-UCP)
15 de maio A Peregrinação no âmbito das Cruzadas Paula Pinto Costa (FLUP; CEPESE)
19 de junho A (re)construção das memórias e práticas devocionais nos inícios do século XVIII: O caso do Santuário Mariano de Fr. Agostinho de Santa Maria Maria de Lurdes Correia Fernandes
(FLUP; CEHR-UCP; CITCEM-UP)
10 de julho S. Tomé de “Meliapor”: O primeiro Santo global da Época Moderna (séculos XVI-XVIII) Cristina Osswald (CITCEM-UP)
18 de setembro
sessão adidada para 25 de setembro
Quinta da Taipa e a Capela de Nossa Senhora da Conceição em Cabeceiras de Basto José Ferrão Afonso (Escola das Artes - UCP);
José Marcelo Mendes Pinto (FLUP)
16 de outubro Contexto político-ideológico em que ocorreram as aparições de Fátima António Teixeira Fernandes (FLUP)
20 de novembro Santuário de Fátima: A arte como cenário e como protagonista do ápice da peregrinação Marco Daniel Duarte (Centro de Estudos e Difusão - Santuário de Fátima)
27 de novembro Sessão Extra
Toda Poderosa Defensora da Rússia. 100 anos da abdicação do Imperador Nicolau II e descoberta do ícone de Nossa Senhora “Toda Poderosa"
Irina Marcelo Curto (Centro de Arte e Cultura Russa)

 

Ver Cartaz

 

Contactos

Telefone: +351 226 196 200 - extensão 106